Royal News

O que faz um analista de dados, afinal? Venha descobrir!

Pode parecer uma expectativa ousada, mas de certo modo, a análise dos dados consegue prever o futuro. Não há bola de cristal, somente os dados aplicados a modelos estatísticos de projeção. Essa parte do ciclo de dados, geralmente desempenhada por cientistas de dados, ajuda a prever resultados da empresa e comportamento do consumidor, por exemplo. A segunda etapa do trabalho é o monitoramento de métricas, que nada mais são do que dados em números resultantes de ações de marketing, vendas e outros processos.

Com dados sendo o grande ativo que empresas têm atualmente, é a partir desse nível de conteúdo que se extraem percepções, insights e certezas. Para conseguir captar algo realmente relevante a partir dos dados é fundamental ter capacidade analítica. Para isso, o primeiro passo é saber como lidar com esse material e entender o que ele mostra. Como o mercado evoluiu muito rápido nos últimos anos, ainda é raro encontrar uma graduação em Análise de Dados.

Como é a rotina de trabalho de um analista de dados

Ao trabalhar com dados concretos e com os resultados que esse tipo de conteúdo aponta, é possível tomar decisões mais assertivas, além de oferecer produtos, serviços e atendimentos de qualidade. É por https://tripleten.com.br/ isso que um analista de dados é procurado em várias áreas no mercado de trabalho. Quer se trate de pesquisa de mercado, números de vendas, logística ou custos de transporte, toda empresa coleta dados.

De acordo com um relatório da Glassdoor, analista de dados é um dos cargos de crescimento mais rápido nos EUA. Espera-se que essa tendência continue, à medida que o uso de big data e análises avançadas continua a se tornar mais difundido. Seu principal objetivo é transformar informações aparentemente desconexas em percepções valiosas que orientem a tomada de decisões estratégicas.

Como é o curso de Data Science Analytics

Igual ao Python, R é também possui uma biblioteca de softwares, CRAN, com muitos pacotes adicionais disponíveis. Um trabalho de um analista de dados começa com o tão conhecido raw data (dado cru). Os raw datas são dados desordenados e sem contexto, essencialmente sem significado. Nós só conseguimos extrair informação útil deles a partir do momento que trazermos ordem do caos. Ou seja, após coletar, limpar e organizar dados são tudo parte do processo de análise de dados.

O Que Faz Um Analista de Dados

Os bancos de dados SQL são o formato mais utilizado atualmente, graças à sua estrutura de dados relacionados. Logo, profissionais da área devem entender como funcionam essas estruturas e, principalmente, entender sobre a linguagem SQL. Analistas de dados devem entender que o sucesso da empresa em que trabalham depende diretamente de como os dados são analisados e geridos.

Análise detalhada dos sistemas, fontes de dados, ferramentas e processos de gerenciamento de dados existentes;

Nesse sentido, acompanhe a seguir uma pequena explicação de cada uma das áreas mais comuns ligadas às profissões de análise de dados. Veja como o Amplitude, ferramenta com foco em analytics e marketing multicanal, potencializa o desempenho de produtos e aprimora a experiência do usuário de maneira inteligente e eficaz. No curso, estudantes têm os primeiros contatos com cada uma das ferramentas essenciais que serão usadas no cotidiano de trabalho. Assim, pessoas estudantes conquistam experiência prática e não sentem dificuldades quando começam a atuar, de fato, no mercado. Uma empresa com maturidade de dados só consegue alcançar essa posição se, em seu quadro de colaboradores, conta com profissionais totalmente imersos e qualificados nesse campo. É preciso entender a fundo temas como privacidade de dados, métricas e o passo a passo de como fazer uma análise.

  • Analisar é mais que isso, é um trabalho voltado ao estudo de cenários, interpretação dos dados e observação do comportamento desse material.
  • Envolve uma variedades de técnicas e ferramentas (tais como algoritmos customizáveis, programas genéricos e análise exploratória) tudo isso para os dados ficarem em um formato mais adequado.
  • Conhecer esse ambiente antes da parte prática vai preparar a pessoa analista na construção de uma capacidade analítica.
  • A capacidade analítica do profissional passa pela sua qualificação ao enxergar respostas em meio aos dados.

O tecnólogo é ministrado 100% online e possui duração de cinco períodos, ou seja, dois anos e meio com uma carga horária total de 2000 horas que é dividida em aulas teóricas, práticas e experiências extensionistas. Dessa O Que Faz Um Analista de Dados maneira, os alunos constroem uma boa base teórica e têm a chance de exercitar aquilo que aprenderam. Diante da relevância do cientista de dados nos dias de hoje, convém analisar um pouco mais acerca dessa profissão.

Conduzir uma Análise

O analista de dados é o profissional responsável por coletar, compilar, analisar e prover as interpretações corretas das informações coletadas. Esses dados podem ter origens diversas e estar relacionados aos mais diferentes tipos de negócios. Após a coleta dos dados, o analista realiza uma limpeza e pré-processamento, garantindo a qualidade e integridade dos dados.

pt_PTPT

Iniciar Sessão

Acesso exclusivo para alunos Royal College

Lost your password?

Quero mais informações sobre o TESTE Gratuito

Junta-te a nós

Acesso exclusivo para futuros alunos Royal College

Margarida Cunha

Eu chamo-me Margarida, tenho 12 anos e frequento a Escola de Línguas Royal College desde os 6 anos. Entrei no “Junior 1” e neste momento estou no “Teens 3”, e o meu objetivo é fazer todos os níveis de Inglês até aos exames internacionais (FCE, CAE e CPE).

Eu adoro andar nesta escola, porque estou a aprender muito sobre a língua Inglesa. Nas aulas só falamos Inglês e isso é essencial para uma boa aprendizagem. Fazemos muitos amigos e as Professoras Gaby e Patrícia são fantásticas e muito profissionais, pois incentivam-nos a fazer mais e melhor.

 

Mafalda Alves

Estudar no Royal College foi a melhor decisão que os meus pais, na altura, tomaram. No meu caso, acompanho o trabalho da Prof. Patricia e da Prof. Gaby desde que tinha 7 anos e posso dizer com certeza que são profissionais excecionais. Para além da aprendizagem irrepreensível e de qualidade, ajudaram-me a crescer enquanto pessoa porque sempre mostraram o seu lado humano enquanto ensinavam, característica rara no ensino em Portugal, mas que, na minha opinião, faz toda a diferença. Ao marcarem a diferença, distinguem-se de todas as outras escolas de ensino de línguas ao, e volto a dizer, acompanharem os alunos de perto e de forma personalizada. Se cheguei aqui, no meu percurso académico, deve-se a estas professoras. 

Gabriela Teixeira

Frequentar o Royal é estar dentro de algo que nos conduz a uma imensidão de conhecimentos que vão muito além da aprendizagem de uma língua estrangeira. Guiados pelas teachers, percorremos os caminhos do conhecimento global. A partilha de momentos vividos pelos colegas são uma mais valia no que concerne ao alargar dos nossos horizontes. Royal é sinônimo de conhecimento, cumplicidade e diversão. Obrigada família Royal.

Jéssica M.

Quando cheguei ao Royal College não sabia absolutamente nada de inglês. Lembro-me que tinha memorizado duas frases em inglês caso alguém me perguntasse algo, e estas eram: “I don’t speak english”, e “I don’t understand”.
Como é natural, sabendo apenas isso, comecei pelo nível 1. Melhorei bastante, estou agora no meu último ano, o FCE. O ano mais desejado por mim! O progresso que eu fiz é notável, consigo perceber quando outras pessoas falam para mim sem ser na minha língua nativa, a ver séries/filmes é muito mais interessante, ouvir músicas, etc.
Aprender outras línguas abre novas oportunidades para o nosso futuro, e também vamo-nos sentir realizados a nível pessoal.